quarta-feira, 20 de março de 2013

Pergunta para Discussão da Lição 12

Por que Deus estabeleceu um sacrifício de sangue pelo pecado? Deus é sanguinário? Por quê?


Participe dando seu comentário abaixo.

Grato!

Carlos Henrique


4 comentários:

  1. A Bíblia nos diz em Romanos 6: 23 que o salário do pecado é a morte. Então quando o pecado entrou no mundo ele trouxe como consequencia a morte. Morte esta tanto física quanto espiritual.
    Deus portanto transferiu a transgressão do homem a um animal inocente, representando o grande e verdadeiro sacrifício que Jesus faria por todos nos no calvário. Thiago Elbl

    ResponderExcluir
  2. Deus fez túnicas de peles para substituir suas vestes de folhas de figueira. Mas como Deus obteve as peles de animais?
    Peles de animais procederam de animais mortos. Por que, então, de repente temos animais mortos na história? A história parece implicar que os primeiros sacrifícios pelo pecado foram oferecidos ali. O fato de que Abel sabia oferecer sacrifícios pode reforçar essa conclusão. Assim, naquele mesmo dia um substituto morreu, pagando a penalidade de Adão e Eva, para que eles recuperassem a comunhão íntima com Deus e tivessem uma nova vida de obediência.
    Isso significa que Deus é sanguinário, exigindo rituais cruéis, a fim de aplacar sua ira? A abordagem suave e compassiva de Deus refuta tal pensamento. Além disso, a promessa de Gênesis 3:15 diz que Deus derrotaria o enganador e redimiria a humanidade. Assim, o sacrifício aponta para uma verdade maior. O perdão não é alcançado com prejuízo da justiça. Ao contrário, o perdão se torna possível porque Deus escolheu absorver o custo da justiça em Si mesmo. A punição deve ser paga, ou a lei de Deus se tornaria sem sentido. As peles apontam não para um Deus sedento de sangue, mas para um Deus misericordioso que, voluntariamente, escolhe absorver o custo da justiça a fim de tornar possível que renunciemos à rebelião e voltemos à harmonia com Sua soberana vontade, sem ter que ser executados. Em resumo, a abordagem suave de Deus, Sua promessa de esmagar a cabeça da serpente e Sua provisão de um sacrifício, tudo aponta para Seu desejo de nos colocar novamente em um relacionamento correto com Ele. O propósito do juízo em Gênesis 3 foi redentor, abrindo o coração de Adão e Eva para o plano da salvação.

    Comentários do Auxiliar da Lição do Professor

    Até +.


    Carlos Henrique

    ResponderExcluir
  3. O Senhor Deus, em sua perfeita oniciência, sabia que o homem poderia vir a pecar, já que fora criado dispondo de livre-arbítrio, que é um atributo necessário para que pudesse amar de forma sincera e espontânea.
    Diante disso, para não ficar privado do relacionamento com tão amada criatura (humanidade), estabeleceu desde antes da fundação do mundo um "seguro", consubstanciado no sacrifício perfeito de sangue que teria de ser realizado por seu filho unigênito, Jesus Cristo. Jesus, por ter participado da criação, desde o princípio aceitou pagar o preço pelo pecado do homem, de modo a restabelecer o relacionamento entre Deus e os homens. Assim, o sacrifício de sangue já estava consumado no coração de Deus mesmo antes da criação, sendo que a imolação do cordeiro (animal) era apenas uma representação do verdadeiro sacrifício realizado por Cristo, o que possibilita àqueles que creem, a remissão dos pecados e a reconciliação com Deus. Portanto, o sacrifício de sangue de forma alguma representa um Deus sanguinário, mas sim, é a maior prova do Deus amoroso que temos.
    Abraço a todos, Eduardo Roos Elbl.

    ResponderExcluir

Antes de comentar leia atentamente:
Todos os comentários que desrespeitarem as regras a seguir poderão ser desaprovados:
- Comentário adverso ao artigo em questão;
- Agreções verbais despropositadas;
- Ataques pessoais ou ameaças;
- Derivação excessiva do tema do artigo;
- Propaganda desapropriada.